quarta-feira, 25 de junho de 2014

Doação de Sangue na Capital Federal


A doação de sangue não dói, nem faz mal a saúde, logo a quantidade de sangue doado se refaz, o doador não tem nenhum prejuízo e pode salvar muitas vidas com uma boa ação.
Nessa postagem o principal posto de coleta em Brasília, o hemocentro de Brasília.
A doação pode ser realizada na Fundação Hemocentro de Brasília localizada no Setor Médico Hospitalar Norte, Quadra 03, conjunto A, Bloco 03 - Asa Norte.
Funcionamento: de 2ª a sábado, de 07 às 18 horas.
Informações: 160 – Opção 2 ou (61) 3327-4424
Para mais informações, acessem http://www.fhb.df.gov.br/

Grande abraço a todos!



segunda-feira, 16 de junho de 2014

Comentários


Caros leitores, uma das coisas que eu tinha em mente quando criei o Recuperação e Arte, era também ter interação com os visitantes, através de comentários.
Tive alguns comentários, de pessoas que fizeram tratamentos em instituições que eu divulgo, interessante, pois tive informações de êxito nos tratamentos dessas pessoas, muito valido.
Tive pouquíssimos comentários em relação ao número de acessos, espero mais comentários, principalmente em relação ao conteúdo que eu posto.
Espero o eu comentário!

Grande abraço a todos!

domingo, 15 de junho de 2014

Doe Sangue - Fundação Pró Sangue - SP


A primeira postagem que fiz, sobre a doação de sangue, tem pouco mais de 2 anos, desde então sigo no trabalho da divulgação.
Nas postagens anteriores, citei a necessidade da doação, devido aos baixos níveis dos estoques nos hemocentros, a emergência em alguns tratamentos, os requisitos para o doação  e a boa vontade de cada um em doar.
Eu acredito, para que haja efetivamente a doação, é melhor eu cantar a pedra  sobre informações de alguns postos de coleta, de repente tem um na esquina da sua casa!
Vejam alguns postos de coleta em São Paulo:
*Posto Clínicas
 Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155, 1º andar 

 Cerqueira César - São Paulo
 De segunda-feira a sexta-feira, das 7 às 19h
 Sábados e feriados, das 8 às 18h
 Domingos, fechado.
 Estacionamento gratuito para carros, por até duas horas - Garagem Subterrânea Clínicas
 (exceto para carros com sistema Sem Parar/Via Fácil); para motos, ligue para o Alô Pró-Sangue.


 *Posto Dante Pazzanese
 Av. Dr. Dante Pazzanese, 500 - Ibirapuera - São Paulo.
 De segunda a sexta, das 8 às 17h.
 Sábados, das 8 às 16h.
 Fechado aos Domingos e feriados.


*Posto Regional de Osasco
 Rua Ari Barroso, 355 - Presidente Altino - Osasco.
 De segunda a sexta, das 8 às 16h30.
 Sábados, 1º e 3º de cada mês, das 8 às 16h.
 Fechado aos Domingos e feriados.


 *Posto Barueri
 Rua Angela Mirella, 354 Térreo - Jd. Barueri - Barueri.
 Próximo à Av. Sebastião Davino dos Reis.
 De segunda a sexta, das 8 às 16h.
 Fechado aos Sábados, Domingos e feriados.


*Posto Mandaqui
 Rua Voluntários da Pátria, 4227 - Mandaqui - São Paulo.
 De segunda a sexta, das 12h45 às 18h.
 Fechado aos Sábados, Domingos e feriados.


 *Posto Pedreira
 R. João Francisco de Moura, 251 - Jd. Campo Grande - São Paulo.
 De segunda a sexta, das 7h30 às 12h30.
 Fechado aos Sábados, Domingos e feriados.


Grande abraço!

terça-feira, 3 de junho de 2014

Apae Cariacica - ES



A Apae - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Cariacica é uma organização social sem fins econômicos, formada por pais, amigos e pessoas com deficiência intelectual e múltipla que, unidos por objetivos comuns, buscam construir uma sociedade mais justa e igualitária com base na educação.
Grande abraço a todos!

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Relato da Sensação do Membro Fantasma

                             
               
Como já tinha dito em uma postagem anterior, sensação do membro fantasma, achei interessante essa peculiaridade que alguns amputados vivem.
Através de um comentário nessa postagem eu conheci Luci Lima, amputada da perna esquerda, uma mulher bacana, alto astral que compartilha suas experiências vividas, como a sua forma de lidar com a própria deficiência.
Quero agradecer a Luci Lima, pelo comentário e a autorização para que eu fizesse essa postagem, a participação, a interação, é muito importante, agora somos amigos no Facebook.
Segue o relato da Luci Lima sobre a sensação do membro Fantasma, ¨ Logo que sai do hospital uns 20 dias mais ou menos tive minha primeira experiência com dor fantasma, a dor era tamanha que fui parar em um hospital, menos de uma semana depois outra dor e mais uma vez hospital e não importava qual a medicação que eles me aplicavam não melhorava sai do hospital com dor por que já era tanto remédio que eles já não tinham o que fazer. 
Foi quando o próprio médico do plantão pediu para que eu procura se um neurocirurgião, chegando no neuro ele me falou sobre a dor fantasma e me passou um medicamento, foi quando eu o indaguei se eu teria que tomar aquele medicamento para sempre e se não tinha uma forma cirurgia ou maneira para parar. Então ele me respondeu o seguinte "tendões são como fios de energia, toda vez que seu cérebro manda um estímulo é como passasse energia por eles e no seu caso, os cabos estão cortados então a energia escapa por esta ponta como se fossem faíscas e por isso você sente dor". Perguntei o que eu poderia fazer para acabar com isso ele me respondeu, " estas dores são coisas da sua cabeça então vai depender de você se você conseguir fazer seu cérebro parar de mandar estímulo ou você toma remédio e convive com as dores". Pedi que me fala se como eu faria isso "você tem que parar de pensar nas coisas que você fazia (ex, como eu dançava bem, corria, pedalava, jogava futebol......) toda vez que você lembra você manda estímulos e difícil mas você tem que por na sua cabeça que você nasceu assim". Então foi o que eu fiz tomei o remédio que ele me passou pra me ajudar no começo (6 mês), e coloquei na minha cabeça que eu tinha nascido assim. Foi tão incrível que a partir do momento em que eu fiz isso passei a sonhar que não tinha perna as vezes eu ate sonho com minha perna mas no sonho por algum motivo eu não posso fazer as coisas (não posso correr por exemplo). Esta foi a maneira que eu encontrei para me ajudar espero que possa ajudar outros.¨ 

Grande abraço a todos!