segunda-feira, 1 de abril de 2013

Falta de Consideração e Respeito


A quase 5 anos, depois do grave problema de saúde que tive, eu faço uso contínuo de alguns remédios, escrever aqui o rol com os nomes deles, seria quase a postagem inteira, mas são exatamente 13, tenho um rigoroso controle, para que não falte uma única dose de nenhum deles.
Infelizmente nem todos estão disponíveis no hospital onde me trato,  um hospital da UFRJ, o São Francisco de Assis, a lógica orientação que tive, na falta é pega-los no posto de saúde que fica a 4 quadras da minha casa,  o Centro Municipal de saúde Maria Augusta Estrela, em Vila Isabel, RJ.
O problema é que no decorrer desses quase 5 anos, cada hora o posto de saúde me cria um problema, primeiro não queriam aceitar a minha receita, que é de um hospital federal, depois me pediram um comprovante de residência, para eu provar de estou dentro da área de atendimento do posto, um absurdo, a direção deste posto de saúde é deficiente, capenga, mudam e inventam regras desnecessárias, óbvio que estou perto de casa...iria me deslocar para onde!
Pior de tudo que me conhecem, conhecem a minha pessoa, a direção é no 3° andar, eu já subi inúmeras vezes, inclusive de muleta, a estrutura do prédio também não é acessível, só tem corrimão de um dos lado da escada.
Hoje novamente tive problemas, voltou uma antiga farmacêutica, até ela me conhece, não queria aceitar a minha receita, novamente fui a direção, no 3° andar, reclamei, desci de costas, a direção deveria ser no térreo, parece que estão escondidos...
É a primeira vez que faço uma reclamação assim, de forma pública, realmente cansado, parece que fazem para cansar, uma inana para dispensar remédios que são meus por direito, perdi um tempão por um problema da má administração desse posto de saúde, mas sai com o remédio, direito meu.
É isso, estou irado, dizer palavrões é minha vontade, mas não seria de bom tom, também não combina comigo.
Grande abraço a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário