terça-feira, 23 de agosto de 2016

IBDD - Instituto Brasileiro de Direitos da Pessoa com Deficiência - Novo Endereço

O IBDD - Instituto Brasileiro de Direitos da Pessoa com Deficiência, que desde 1998 busca a inclusão de profissionais com deficiência no mercado de trabalho a partir da parceria com diversas empresas, de diferentes portes e ramos de atuação, com informações e luta por direitos do deficiente físico, o instituto tem novo endereço.
Agora localizado na rua Barão do Flamengo, 32, 7º andar, Flamengo, Rio de Janeiro.

Grande abraço!

domingo, 21 de agosto de 2016

Luta Consciência Cidadania


Em entrevista dia 19, o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, demostrou imensa preocupação em não haver venda de ingressos para as Paralimpíadas.
Preocupação minha também, pois sou deficiente físico, cidadão carioca e vejo de certa forma como descaso em relação ao evento.
Assim como esta sendo grandiosa as Olimpíadas, acredito que as Paralimpíadas será um evento de igual ou maior magnitude, já que a maioria dos atletas têm histórias de superação, venceram barreiras e lutaram para participar.
As Paralimpíadas começam dia 7 de Setembro, um ótimo passeio para quem não conhece o Parque Olímpico.
Com preços mais acessíveis, compre o ingresso diretamente no site oficial, Paralimpíadas Rio 2016.
Vamos lotar as arquibancadas e vibrar!

Grande abraço a todos!

quarta-feira, 13 de julho de 2016

IBRM - Instituto Brasileiro de Reeducação Motora - Nova Fase


Desde anteontem começou uma nova fase na minha vida, em um longo processo de reabilitação que já passaram-se oito anos, com afinco e foco em reabilitar-me ao máximo.
A quase um ano, minha ex-fisioterapeuta, que desenvolveu belo trabalho por mais de cinco anos, deu-me alta, me indicando academia de musculação, nunca estive preparado para tal, não me sinto apto para academia, sou hemiparético, sem alguns movimentos do meu corpo, como mão, punho e tornozelo, com perda de força em todo o lado esquerdo.
A alta foi perfeita, mas mal direcionada, o que eu necessitava era um centro de reabilitação motora, demorei um ano para minha determinação, eu estava fazendo exercícios com as bolas, faixas, aro e ergométrica, praticamente mantendo os ganhos, eu tinha necessidade de aparelhos que não tem em academias, o tratamento é completamente diferenciado, sei disso, pois antes de tornar-me deficiente físico, fiz musculação diversas vezes, fazia um tempo, parava e voltava.
Agora começa uma nova fase na minha vida, comecei o tratamento no IBRM - Instituto Brasileiro de Reeducação Motora, tradicional instituição que pessoalmente não conhecia, mas divulgava através do meu trabalho por ser de notória excelência em reabilitação.
Agora dentro do instituto vejo in loco que realmente há um tratamento humanizado, valorizando o ser humano e a vida!

Grande abraço a todos!